Suspensão temporária do Dia da Defesa Nacional

Suspensão temporária do Dia da Defesa Nacional

Atendendo às orientações das autoridades nacionais e internacionais de saúde e às medidas previstas no Plano de Contingência do Ministério da Defesa Nacional, face à evolução epidemiológica e risco de contágio do novo coronavírus (COVID-19), informa-se que a suspensão preventiva do Dia da Defesa Nacional será prolongada até 31 de julho.
 
Os cidadãos convocados a comparecer entre 24 de março e 15 de maio estão dispensados da comparência ao Dia da Defesa Nacional e ficam com a sua situação militar regularizada. 
 
No caso de se enquadrar nesta situação, para emitir a cédula militar, documento oficial que atestará, à data da sua emissão, a sua situação militar, deve aceder a https://bud.gov.pt/ddn-covid19.html.
 
Contrariamente, os cidadãos convocados a partir de 18 de maio até 01 de setembro serão novamente convocados, por edital, para cumprir o seu dever militar em data a definir.
 
Pedidos de esclarecimento adicionais podem ser colocados através do endereço eletrónico ddn.covid19@defesa.pt  ou através da linha de atendimento telefónico do Balcão Único da Defesa - (+351) 213 804 200.
 
Prevê-se que o Dia da Defesa Nacional seja retomado a partir do início de setembro, em função da evolução da situação epidemiológica da Covid-19 no país. 
 
Contudo, a Junta de Freguesia de São João do Campo, encontra-se a acompanhar a presente situação, prestando as informações que se entendam necessárias para que os fregueses, visados nesta iniciativa, possam estar a par dos esclarecimentos adicionais emitidos pelo exército.
 




Suspensão temporária do Dia da Defesa Nacional